Fundada em 1997, a história da Phoebus é marcada pela sua paixão em inovar e evoluir conceitos, deixando a criatividade como sua principal marca no mercado de transações eletrônicas. Confira abaixo os principais acontecimentos que marcaram a nossa trajetória:

1997

Revolução do Conceito de POS

A Phoebus nasceu dentro da Universidade Federal da Paraíba, incubada no NETEB, laboratório de pesquisas apoiado pelo CNPq. Na época do laboratório, a Phoebus dominava tecnologias diferenciadas, como placas microcontroladas, cartões com chip de memória e terminais POS.
Fomos pioneiros na criação do primeiro sistema de pagamentos de contas utilizando terminais POS, para o Banco do Brasil. A partir daí, dão-se os primeiros passos do que viria se tornar a correspondência bancária no Brasil, mudando a forma dos brasileiros pagarem suas contas. Pela primeira vez, o POS foi utilizado fora do mercado de crédito e débito.

2000

Evolução do Mercado de Recarga de Celular

A Phoebus também foi pioneira no Brasil ao desenvolver uma solução para distribuição de recarga de celular utilizando terminais POS, melhorando a experiência dos usuários de celular pré-pago, sem a necessidade de utilização de cartões físicos.

Atendimento Comercial Modernizado

Neste mesmo ano, a Phoebus também é a primeira empresa no Brasil a desenvolver soluções para melhorar o atendimento comercial das concessionárias de serviços públicos, ao fornecer serviços como segundas-vias de faturas, religação, desbloqueio, extrato de débito, pagamentos sem boleto e parcelamentos de débitos aos seus clientes, tudo isso, através de terminais POS. Desse modo, a Phoebus proporcionou às concessionárias melhorias significativas no atendimento ao público, principalmente nas localidades mais remotas do país, que, em sua maioria, não possuíam agência física para atendimento local.

imagem-2001

Surgimento dos Correspondentes Bancários

Com a regulamentação dos correspondentes bancários, os bancos brasileiros começaram a ver um nicho de mercado muito lucrativo, começando assim a expandir seus serviços financeiros pelo país através das redes de correspondentes bancários. Desse modo, a Phoebus aliou a sua experiência em soluções de recebimentos de contas a essa oportunidade e passou a oferecer ao mercado soluções para redes de correspondentes bancários, para capturar e processar as transações referentes a saldos, extratos, saques, depósitos, transferências, pagamentos, aberturas de conta, vendas de seguros, dentre outros produtos.

2002

Participação em Feiras Nacionais e Internacionais

Com uma carteira de clientes consolidada, a Phoebus deu inicio a sua nova estratégia comercial, através de exposições nas principais feiras nacionais e internacionais, como Cebit, na Alemanha, Cartes, na França, Cards e Ciab, em São Paulo. Nessas feiras, a Phoebus teve excelente receptividade do mercado e percebeu o forte impacto que os seus serviços trariam ao mercado de meios de pagamento, como também passou a enriquecer sua base de conhecimento sobre as últimas novidades do mercado. Desde então, a Phoebus anualmente marca presença nas principais feiras do segmento.

2005

Negócios em Expansão

Com o grande crescimento da empresa e de sua carteira de clientes, outro movimento de grande relevância é a inauguração do escritório da Phoebus em São Paulo, considerado o centro financeiro mais importante do país e sede de grandes empresas, com o objetivo de estar mais perto dos clientes e estar sempre em busca das melhores oportunidades de negócios.

icone.nossaHistoria.2006

Bilhetagem Eletrônica de Transporte Urbano

Neste ano, a Phoebus incorpora à sua plataforma MULTISSERVIÇOS as transações de recarga de bilhete de transporte da SPTrans, agregando mais produtos às redes de serviços de seus clientes.

2008

Certificação MPS.BR nível G

Sempre visando a gestão da qualidade em todos os processos organizacionais, a Phoebus recebe a certificação de Melhoria do Processo de Software Brasileiro (MPS.BR) nível G, um modelo baseado em parâmetros mundiais de qualidade como ISO (International Organization for Standardization) e CMMI-DEV, promovido pelo Governo Federal e criada pela Sociedade Brasileira para Promoção da Exportação de Software - Softex. Foram avaliados os aspectos de Gerenciamento de Requisitos, Planejamento de Projeto, Acompanhamento e Controle de Projeto.

2010

Certificação CMMI nível 2

Fomos a primeira empresa paraibana a conseguir a certificação CMMI. O nível 2 analisa a maturidade de um conjunto de processos. Foram analisados os aspectos de Gerenciamento de Requisitos, Planejamento de Projeto, Acompanhamento e Controle de Projeto, Medição e Análise, Garantia da Qualidade de Processo e Produto e Gerencia de Configuração.

2011

Certificação MPS.BR nível F

Dando continuidade às ações voltadas para qualidade em seus processos organizacionais, em 2011, a Phoebus Tecnologia sobe mais um degrau e recebe a certificação de Melhoria do Processo de Software Brasileiro (MPS.BR) nível F. Desta vez, foram avaliadas as áreas de processos referentes à medição, gerência de configuração e garantia da qualidade.

icone.nossaHistoria.2012

TEF Dedicado

Em 2012, a Phoebus lança no mercado sua solução em TEF Dedicado, o jeito mais prático de aceitar cartões de crédito e débito! A solução de TEF Dedicado permite que os estabelecimentos comerciais de varejo aceitem cartões de crédito e débito, além de agregar diversos serviços, como consulta de cheques e recarga de celular.